quarta-feira, 16 de março de 2011

março de 1987

na madrugada do dia 16 de março de 1987 nasceu uma menina. cabeluda, feia, calada. nem chorou. foi preciso o Dr. Wagner - médico que fez o parto, dar um tapa em seu bumbum pra que ela soltasse o choro e o ar.

passaram-se 24 anos. hoje, a menina cresceu e continua calada. mas se fala, não pára. e só chora quando ganha uns tapas dessa vida. mas sabe que apanha pra acordar e soltar o ar.



não sei porque esse ano o meu dia tá diferente. talvez eu esteja sentindo falta de família, amigos e meu amor por perto. talvez eu preferisse esquecer disso e ficar sozinha mesmo. não sei. mas ainda não deu vontade de comemorar.

4 comentários:

Madame disse...

Parabens florzinha!

A gente cresce e as coisas mudam, inevitavel!

bjus

Nathy disse...

Super me identifiquei com suas palavras. Adorei!

Beijos!

Alexandre Fernandes disse...

O importante é sempre manter-se de pé, e buscar as coisas essenciais, mesmo pouco mude. Comemore sim.

Parabéns!

Beijos!

Paulinha disse...

Caroool, adorei a comparação!
e Parabéeens (atrasado), sorria, sorria e sorria, pq a vida vai continuar a te dar esses tapas e ao invéz de chorar, sorria pra soltar o ar!
Beeijos ;*

Ps. Juro q q qd eu for em OP quero t conhecer!