quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

era pra ser

Quando alguma coisa dá errado na vida da gente, tem sempre alguém pra dizer: é porque não era pra ser, um dia você vai ver que foi melhor assim, ou, ainda: foi porque Deus quis.
Ok, tudo bem. Talvez isso me ajude a esquecer um pouco. Me destrair da decepção.
Mas no fundo eu sei que era pra ser, sim! Porque não era? Eu fiz tudo direito dessa vez. Me dediquei, sim. Estudei, sim. Rezei, sim. E eu fui bem. Fui ótima! Tirei a maior nota desde que comecei a enlouquecer com essa história de concurso. E aí eu abro a página pra ver o resultado - tão esperado - e descubro que a nota da redação foi baixa? Como assim? Não, ainda não dá pra aceitar. Eu nem precisaria ter fechado a redação (como já fiz em outros concursos), se minha nota fosse 85, 10 pontos a mais do que os ridículos 75 que me deram, eu estaria lá, dentro das vagas previstas no edital e nas nuvens, porque seria funcionária da Universidade Federal de Minas Gerias, sairia dessa Prefeitura meia-boca e estaria mais perto da Lagoa da Pampulha.
Mas tudo bem, não era pra ser né? Vou fingir que acredito.
Mas aí eu vejo um rapaz fazendo malabarismo com uma bola de cristal no sinal. Vejo nos olhos dele os sonhos, pulsando, gritando, berrando, cantando. E aí eu sorrio.
Continuo confiando. Sei que existe uma força maior que vai me levar pro MEU lugar.
Meu coração vai ficar tranquilo, eu sei.
Novidade: a partir de quinta-feira que vem eu começo a bloggar no Meninas Improváveis! Espero vocês por lá!
Beijos.

4 comentários:

Dai disse...

Apesar de achar que certas frases são feitas apenas como paliativo, eu acredito mesmo que as coisas se encaixem no final.

Você vai se encaixar.

Aeeeee, no Meninas, hein? Que beleza!

beijo!

Alexandre Fernandes disse...

Há sempre uma força maior nos empurrando para o nosso lugar. Uma força que nos orienta a fazer as nossas escolhas.

Vai ficar tranquilo sim Carol. Pode acreditar.

Beijão.

ps: voltei a escrever no blog. Depois de um pequeno recesso, já era hora não é? rs
Passa lá quando puder, e venha tomar um chazinho comigo.

Rebeca Amaral disse...

Não era pra ser agora, quem sabe no próximo concurso? O futuro a Deus pertence, a não-realização de um desejo dói, mas prefiro acreditar que isso é uma brecha para algo melhor acontecer.
Espere um bocadinho, o que é seu tá guardado e virá, bem melhor!

Um beijo, flor.

Gabriela Furtado disse...

Essas explicações comodistas tb não me agrada! Mas tb ñ desista, flor...se não foi esse, que venha um melhor!
Beeeijooos