sábado, 15 de setembro de 2012

Se atreva





 olhe nos olhos. beije com vontade. toque.
 fale a verdade. cante. dance. mesmo que seja errado, mesmo que seja na frente dos outros. 
coma, mastigue, saboreie. beba. beba mais. beba até secar a sede.
 corra. vá sem pressa, aproveite o caminho. olhe para os lados, ao invés de olhar pra trás.
 observe. mostre-se.
 pinte as unhas de azul. pinte os lábios de rosa. pinte os cabelos da cor que você quiser. 
esqueça o relógio. leve todos os sorrisos. acorde mais cedo. durma mais tarde. 
aproveite seu dia. abuse da sua noite.
 se doer, chore.
 não guarde dentro de você nada que incomode. faça uma faxina. jogue fora aquilo que não te serve mais. abra todas as janelas. despentei-se com o vento.
 tire a roupa. perca o medo. perca a vergonha.
 diga sim.
 viva. 
ame.



3 comentários:

Jaya Magalhães disse...

Cá,

Continuo relapsa. Continuo com saudades de te ler, de comentar suas letras, de não perder nada por aqui e pelo seu outro blog. Tô tentando muito voltar, uma hora acabo conseguindo.

Seu texto me fez enxergar que tenho aprendido a me atrever, sabe? Tô nessa fase: "coma, mastigue, saboreie. beba. beba mais. beba até secar a sede. (...) tire a roupa. perca o medo. perca a vergonha. diga sim. viva. ame."

E, cara, é tão bom! E a gente esquece tanto. Seu texto é do tipo que a gente deve imprimir, colar na parede e ler todo dia, pra não esquecer.

Ó, beijão.

Carolina disse...

Relapsa?

Eu também to nessa, principalmente com esse blog. Esse negócio de ter que dar conta de tudo faz a gente deixar pra traz as coisas que podem não parecer, mas são muito importantes pra gente.

Bora se jogar na vida, Jaya?

Adoro você demais!
Beijo.

Gabriela Furtado disse...

Siga os passos dessas doces palavras e serás feliz!
Beeeeeijooooa